o espírito da coisa


.

Até logo

 

“Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão onde a gente plantou - juntos outra vez
Já sonhamos juntos semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar
Já choramos muito, muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar uma nova canção que venha nos trazer
Sol de primavera abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor, só nos resta aprender”

                        (Sol de Primavera – Beto Guedes/Ronaldo Bastos)

 

            Com os versos desta antiga canção comunico aos leitores amigos que só voltarei a publicar neste blog em meados de setembro. E vocês também, porque até a caixa de comentários ficará desativada por cerca de três semanas.

            Quando for novamente ativado, o blog permanecerá neste mesmo endereço, com poucas mudanças em sua configuração. Mas estará abrigado também, em outra versão, num site chamado Sem Domínio, onde estarão na íntegra os textos mais longos.

            Vai ficar bom, vocês verão.

 



Escrito por Antonio Alves às 23h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Norte, Homem
Histórico
Outros sites
  a coisa em si
  aflora
  Altino Machado
  Ambiente Acreano
  Dublês de Poeta
  Papel de Seda
  umcasopoético
  Varal de Idéias



O que é isto?